O estimado cão Samoieda

O estimado cão Samoieda

A origem do Samoiedo é muito controversa e confusa, porém existe uma interpretação que é bastante adotada no meio dos criadores – esses cães foram usados pelos povos nômades da região da Sibéria há mais ou menos 5 mil anos. Conforme os documentos, esta espécie só podia ser identificada em meio a estas tribos, ocasionando, dessa forma, o seu nome. Estes povos utilizavam estes cães para puxar trenós, capturar e para o pastoreio.
Os primeiros exemplares da raça Samoiedo apareceram no território inglês entre os anos de 1870 a 1909, contudo nem todos cachorros eram pedigrees. Diz-se que a Soberana Alexandra amou em tal grau da espécie que fez bastante para conseguir alavancar a raça na sua pátria. A realidade é que ainda podem ser achados descendentes dos cachorros da rainha nos pedigrees recentes.
O Grão-Duque russo, Nicolau, obteve de mimo um Samoiedo, e essa raça chegou à América no período de 1906. Em razão de sua belíssima aparência, sua personalidade afetuosa e sua intensidade como um cão de tração, o Samoiedo vem crescendo a sua fama.

Características Físicas do Samoiedo

Seu focinho dispõe de um tamanho mediano e um tom mais escurecido, suas orelhas são de um tamanho médio, bem distanciadas entre si, sua cabeça tem um aspecto de cunha e os olhos bastante fundos; sua constituição de pelos é bem densa, suas patas são arredondadas e ele conta com um porte bastante vigoroso e atlético.
A cauda é incrivelmente bela, possuindo uma pelagem densa e um formato enrolado sobre o lombo e tomabando para um dos lados. Sua expressão facial chega a ser hilária: no momento em que olhamos para ele, parece que ele está a toda a hora dando risadas!
A pelagem é bastante densa e grande, sendo longa, macia e alisada. Sua pigmentação tradicional é o branco puro, entretanto conseguimos notá-lo em outras tonalidades: branco palha, amarela, amarelado e branco, preto e branco e branco e castanho.

estimado cao samoieda

Temperamento do São Bernardo

O Samoiedo é um cão bastante cativante que não vai medir esforços para satisfazer o dono, seus familiares e incluindo os visitantes! Se habituado, ele irá desejar sempre, também, deitar todas as noites ao lado de seu proprietário. O Samoiedo é um excelente cão para companhia, especialmente para idosos e crianças já que é bastante brincalhão e meigo.
Apesar de meigo, é fundamental que o Samoiedo faça exercícios constantes uma vez que é um cão familiarizado com o serviço intenso. Não é aconselhado deixá-lo preso em coleiras ou no interior de casa ou pequenos apartamentos. Toda vez que se sentem solitários ou irritados, eles inclinam-se a gerar um comportamento mais agressivo, ladrando muito, engolindo os utensílios em sua vista e escavando por toda parte.
Estes cães não são facilmente adestrados, são teimosos e mais suscetíveis a puxar trenós do que ser mantido em correntes, porém por gostarem de agradar o proprietário, vão assimilar ao longo dos dias.
O mais adequado é que você tenha apenas um cão dessa espécie, uma vez que eles não se se relacionam muito bem com outros cães de estimação!

Vantagens em se ter um Samoiedo

Samoiedos são extremamente mansos, frágeis, amorosos, espertos e estão constantemente com “sorriso” no rosto! Conquistar o proprietário e todas as pessoas a sua volta é um forte hábito que este cachorro possui.
Por causa de sua estima e amorosidade, o Samoiedo não vai desejar ficar distanciado de seu proprietário por muito tempo, o que faz com que esta raça muito admirada por todo mundo.
Se você receber bastante visitas em sua moradia, não vai precisar se preocupar em deixar preso o cão! Samoiedos são bem meigos até com pessoas estranhas, eles serão bem-educados com os hóspedes dos donos.
Os Samoiedos são cachorros muito limpos e não vão dar trabalho em excesso em se tratando de banhos e tosas, ainda que sejam bem peludos e de cor clara. Por não possuírem glândulas subcutâneas, esta raça não possui um cheiro desagradável, que é próprio nas demais raças de cães. Ou seja, a economia com a higiene do cachorro será muito alta!

Pontos fracos do Samoiedo

estimado cao samoieda
Samoiedos precisam de exercícios físicos todo dia, já que são espécimes extremamente ativos e habituados com trabalho árduo, para se preservarem mansos.
Esses cães são muito dóceis, logo, se você precisa de um cão sentinela, jamais adquira o Samoiedo.
Os Samoiedos são engraçados, embora, em determinadas ocasiões, passam da conta, deixando o seu dono de cabelo em pé, porque eles são muito detruidores em diversas situações.
O Samoiedo é um cão bem dominante, não é sugerido possuir outros animais domésticos junto do Samoiedo, principalmente gatos! Todavia, se amestrado precocemente, será capaz de ter um Samoiedo mais condescendente com outros exemplares.
Esse cachorro não se adapta com muita simplicidade a temperaturas muito altas, isto deve-se à sua linhagem nórdica, ou seja, a climas mais gelados.
Essa raça troca seu pelo com uma certa frequência, então é bem comum observar sua pelagem ao longo da casa.
Determinados problemas de saúde são normais a raça – olhos com cor desconhecida, orelhas caídas, ossatura desnivelada, jarretes de vaca salientes, ondulação nos pelos, características sexuais não determinadas, displasia coxofemoral, surdez, nanismo e atrofia progressiva da retina.

Como cuidar de um Samoiedo

O Samoiedo é um cachorro que tem bastante energia e carece de despendê-la de alguma maneira, se você quer obter um cachorro dessa raça, esteja preparado para passeios diários e muita diversão! Um bom treinamento ainda será necessário a fim de deixar o cachorro mais disciplinado.
Se você possuir outros espécimes em sua moradia é sugerido que o dono ensine o Samoiedo desde filhotinho com o propósito de que ele se torne extrovertido com os demais animais de estimação.
Esta espécie possui a prioridade em habitar dentro da moradia, portanto é indispensável que o dono ensine adequadamente o cachorro com as regras de casa – entretanto esteja pronto para uma tarefa árdua, pois o Samoiedo é bem teimoso! Outra coisa primordial é escovar o pelo do cão de duas a três vezes semanalmente a fim de evitar que a pelagem fique espalhada por toda casa.
Esta espécie é excessivamente inteligente e precisa de bastante afeto do proprietário, esteja capacitado para dar muita atenção e carinho a ele.

Filhotes de Samoiedo

Os filhotes desta espécie são exatamente “bolinhas peludas” que adoram amamentar e dormir um pouco! Todavia não pense que este ciclo é demorado: em até dez semanas eles estão aprontando e sendo verdadeiros “exploradores” pra todo o lado. É nesse momento que o criador necessita de começar a ensiná-lo a fim de que os comandos sejam mais comuns para o cão. Nessa etapa ele se encontra mais afeito, uma vez que é a época na qual ele se afiniza com a espécie que pertence e entra em um estágio de sociabilização com os humanos. O treino precisa de ser mais aprofundado logo após os 3 meses, porque nesta etapa o Samoiedo permanece mais “autoritário”, consequentemente sendo mais complicado instruí-lo. Passados 1 ano, o cão já toma uma conduta mais adulta e expande a capacidade de aprendizagem, o criador deve intensificar o adestramento nessa fase já que eles se tornam mais hostis.
Um filhote adequado necessita ser divertido e bastante bem-disposto. Todos os espécimes dessa raça possuem um “sorriso” em seu rosto, com o lábio escurecido e olhos castanhos. Se por acaso a orelha de seu filhote não se levanta, fique tranquilo: ela só se eleva após os 3 meses de idade. O rabo assenta sobre o dorso depois dos 2 meses.

Curiosidades acerca do Samoiedo

O Samoiedo é classificado como o cão nórdico mais disciplinado já registrado, entretanto ele dispõe de um esquisito hábito de ficar constantemente buscando alguma coisa, especialmente nos buracos que ele escava no momento em que está entediado.
Nas primeiras importações da espécie para o território inglês, nem todos eram puros de raça nem de coloração branca, muitos eram da coloração de canela e ligeiramente menor que a espécie legítima. Alguns desses cães eram oriundos de tribos sedentárias.
O início das importações oficiais de Samoiedos ocorreram em 1893 e o primeiro clube legítimo de criadores da espécie se formalizou em 1920 e encontra-se em funcionamento até os tempos atuais.
Durante as nevascas, é comum enxergarmos Samoiedos empregando a cauda peluda para resguardar o focinho.
Eles têm uma curvatura em seus lábios, que proporciona uma ideia de estarem sempre “sorrindo”.


Deixe uma resposta